Um breve descanso, mas já volto!

Os últimos dias foram intensos e com muito trabalho!

DSC04854peq

Que bom! É disso que eu gosto.

Por conta da Copa do Mundo e férias escolares, vou aproveitar para dar uma descansada também.

A minha interpretação para descanso é: cuidar da saúde, ler bastante, fazer minhas caminhadas, estudar para os próximos projetos literários e começar a escrever As MAIS 5. Já leu As MAIS 4  e deseja opinar sobre o que deseja ver no volume que encerra a série? Vou adorar receber o seu e-mail: patriciabarboza@ymail.com

Vou ficar aproximadamente dois meses nesse ritmo. Portanto, para ficar por dentro das minhas novidades nesse período, é só me seguir nas redes sociais. Os links estão aqui do ladinho direito ou na página de contato.

Próximo evento agendado: Bienal do Livro de São Paulo, de 22 a 31 de agosto.  Vou ficar todos os dias! Mais perto do evento vou fazer um post especial para informar todos os meus horários e locais de autógrafos.

Site oficial da bienal de SP:  https://www.bienaldolivrosp.com.br/

Outros eventos estão sendo agendados para o segundo semestre.

A página de eventos será atualizada assim que eu tiver todas as informações.

Até lá!

Beijos.

 

Jaraguá do Sul, quero voltar logo!

Jaraguá do Sul

Minha primeira participação em feiras do livro em Santa Catarina. E comecei muito bem por Jaraguá do Sul! Infelizmente, dias antes da minha viagem, choveu muito em toda a região. Vários locais ficaram alagados e algumas apresentações foram canceladas. Pensei até que não conseguiria participar. Fiquei muito preocupada com todos, mas tive a alegria de poder viajar tranquila e encontrar os leitores.

A equipe organizadora foi de um cuidado extremo. Que carinho! No dia do evento, o Thiago gentilmente me levou ao Parque Malwee para almoçar. Mesmo com o tempo nublado, consegui tirar umas fotos lindas. Vale visitar o site oficial do parque para conhecer um pouco mais sobre a sua fundação: http://www.malwee.com.br/parque/index.php

Montagem_Parque_Malwee

No dia 11 de junho, 14h30, realizei bate-papo seguido de sessão de autógrafos no centro de convenções. Foi com muita alegria que conversei com os alunos das escolas locais. O espaço estava cheio! Foram momentos muito descontraídos.

20140611_153115

Montagem_Leitores

Gostei muito de uma matéria do Timbonet sobre a minha participação.

Link da matéria:

http://www.timbonet.com.br/jaragua-do-sul-feira-do-livro-recebe-a-escritora-carioca-patricia-barboza/

Para ampliar, basta clicar na imagem.

Materia_TimbonetSC_11062014

Postei mais fotos no meu perfil do Facebook. Clicar AQUI.

Muito obrigada ao Bruno Borges que cuidou de toda a minha viagem. Um abraço gigante ao pessoal da organização do evento, em especial ao Carlos, João e Thiago.  Espero que esse tenha sido o primeiro de muitos outros eventos em SC.

Já estou com saudades de Belém!

1016854_676958749035281_1646155663_n

Pela primeira vez participei da Feira Pan-Amazônica do Livro em Belém. Também foi a minha primeira vez na cidade. Fiz plantões de autógrafos nos dias 6, 7 e 8 de junho no estande da Selecta. Aliás, a Selecta é uma grande parceira e já trabalhamos juntos em Salvador e Brasília.  Sempre ouvi falar muito bem da feira e tratei logo de agendar a minha participação. Realmente ficou bem cheio. Isso é muito, muito bom!

Pena que não deu para fazer turismo, já que foi uma correria danada. Uma observação em pleno mês de junho: que calorão, hein? Mas o centro de convenções tinha um ar condicionado bem legal, então consegui autografar de forma bem confortável. Outra observação: como o povo de Belém é simpático!! Eu que já gosto de conversar, imaginem encontrando quem também já gosta de contar uns causos? O sotaque é muito fofo, adorei conhecer os leitores de lá!

Montagem_Belem

Postei mais fotos no meu perfil do Facebook. Basta clicar AQUI.

Agradecimentos especiais: a toda a equipe da Selecta, que me presenteou com chocolates deliciosos! Adoro trabalhar com vocês. Para a equipe da Record que providenciou o envio dos livros e ao Bruno Borges que acertou os detalhes da viagem.

Ainda não tenho previsão de retorno, mas espero voltar em breve!

O salão FNLIJ 2014 foi incrível!

LogoFNLIJ2014

Pelo terceiro ano consecutivo, fiz plantões de autógrafos no estande do Grupo Editorial Record no Salão do Livro FNLIJ. Eu particularmente AMO esse salão, já que ele é voltado exclusivamente para público infantojuvenil.

Fiquei de 28 de maio a 4 de junho. Nos oito dias, atendi pessoalmente 56 escolas municipais. Sim, anotei o nome de todas! O que mais me deixou feliz com esse contato com as professoras das salas de leitura: o feedback positivo dos livros feito pelos alunos. Muitas delas tinham levado a coleção no ano anterior e foram buscar mais livros, já que os existentes não estavam atendendo ao número de solicitações de empréstimos.

Montagem_FNLIJ_2014

No dia 02 de junho realizei oficialmente o lançamento de “As MAIS 4 – Toda forma de amor” na Biblioteca Jovem. Foi um bate-papo muito divertido.

Captura2

Já no dia 04 de junho, foi a vez de conversar sobre o meu conto “Do alto da torre”, minha versão contemporânea da Rapunzel para O Livro das Princesas.

Palestra_princesa_04062014_2

Inclusive, no dia anterior, saiu uma matéria muito legal no Jornal O Dia, convidando para a palestra do dia 4. A matéria citou também o lançamento do 4º volume da série. E mais uma notícia exclusiva: escrevi um livro para jovens adultos! Ainda não tem previsão de lançamento, mas já adianto que vai arrancar boas risadas dos leitores! Basta clicar na imagem para ampliar.

Link direto para o jornal:

http://odia.ig.com.br/diversao/2014/06/03/literatura-para-meninas-patricia-barboza-lanca-as-mais-4.print

Materia_ODiaMais fotos foram postadas no Facebook. Para ver, basta clicar AQUI.

Agradeço imensamente por todo o apoio que recebi da equipe da Record, pelo carinho recebido pelos leitores e professores das salas de leitura. Ano que vem tem mais, com certeza!!

Eu leio Brasil

10366021_658589647550272_7715935469290236902_n
*
Voltei antes do previsto!
Fui convidada para participar do 12º programa do projeto “Eu leio Brasil” com  Landulfo AlmeidaLeonardo Barros e Janaina Rico.  Será transmitido ao vivo.  Mas, quem não puder estar online às 16h do dia 30 de maio, não tem problema. Depois ficará gravado e, assim que tiver o link definitivo, vou atualizar esse post, combinado?
Curta a página do projeto e compartilhe o cartaz do evento no mural do seu Facebook :

Serão feitos dois sorteios:  um para quem compartilhar o cartaz de divulgação e outro para quem enviar perguntas.
Participe!
Importante! Se o link da transmissão que está no post não funcionar no dia 30, basta checar o cartaz do evento na hora marcada. O link correto será atualizado pelos organizadores.

Obs: Estarei no Salão FNLIJ no dia 30 até aproximadamente 14h30 e venho correndo para casa para o programa.

Atualização em 15 de junho de 2014:

Link com a gravação do programa. Espero que gostem!!!

Vamos nos encontrar?

Antes da Copa do Mundo teremos VÁRIOS encontros!

Escolham uma data e venham me visitar!

IMG_20140520_230843

agenda_parcial_prim_semestre_2014_4Obs:  No dia 30 de maio, ficarei no Salão FNLIJ até 14h30, pois vou participar do projeto “Eu leio Brasil” que será transmitido ao vivo pela internet. Detalhes do evento aqui: http://patriciabarboza.com/2014/05/24/eu-leio-brasil/

Eu falei do livro novo (As MAIS 4) e de alguns detalhes da agenda da FNLIJ aqui:

http://patriciabarboza.com/2014/05/04/eventos-as-mais-4/

Quando toda a maratona terminar, prometo fazer um post especial falando de todos os eventos.

Enquanto isso, fica o convite para me seguirem no Facebook e Instagram.

Beijos!

Papos InforMAIS 06

Avó é a nossa segunda mãe.

11/05/2014

vovocoruja

Maria. Nome “comum”. Esse era o nome da minha avó materna, que já não a tenho mais comigo aqui, mas que certamente está aprontando lá na sua nova morada. Sim, aprontando! rsrsrs… Vocês já vão entender.

Meus bisavós maternos tiveram um amor proibido. Apaixonados, fugiram loucamente até que pararam numa cidadezinha do interior de Pernambuco chamada Lagoa dos Gatos. Lá começaram a formar a sua família, muitos filhos e diversas dificuldades financeiras. Dificuldades essas que obrigaram a minha avó a morar em Recife com a sua madrinha.

Aos 13 anos conheceu o meu avô. Seu nome era Pedro (entenderam pq o príncipe do meu conto da Rapunzel tem esse nome?). Ele era tenente da Marinha e surgiu na frente dela com aquele lindo uniforme. Ele era mais velho e tiveram várias complicações por causa dessa diferença de idade. Ela ficou grávida e ele foi convocado para servir na 2a guerra mundial. Batalhadora desde nova, recusou todos os pedidos para que ela desse a minha mãe para adoção. Felizmente, 3 anos depois, meu avô voltou da guerra e a assumiu, conhecendo então a sua filha. Logo depois o meu tio Valter viria completar a família.

Vovo_pb

A história dos meus avós foi recheada de muitos sacrifícios e complicações, como toda família. Mas, apesar de todas as dificuldades, minha avó Maria era a pessoa mais alegre que eu tive a oportunidade de conhecer na vida. Ela não sabia ler. Tentou de várias formas, frequentou cursos, mas tinha conhecimentos precários. Nem isso a limitou! Tinha uma criatividade incrível para trabalhos manuais, costuras, confeitava bolos, adorava receitas. Ela fez todos os meus bolos de aniversário até os meus 7 anos.

Era extremamente comunicativa e festeira. Quando a gente se mudava de condomínio, em uma semana todo mundo já conhecia a Dona Maria. Era a alegria das crianças do prédio, contava histórias, fazia doces. Adorava música. Colocava o som alto, dançava e cantava. Adorava usar vestidos vermelhos com saias rodadas e não perdia um programa do Silvio Santos. Escrevi infinitas cartas para as promoções que ele fazia, além de ajudá-la a conferir as Telesenas. Na época eu não tinha a menor paciência com as tais cartas. A Patrícia adolescente de 12 anos era bem rebelde e ficar preenchendo dezenas de envelopes (sim, dezenas! rsrs…) não era nada divertido. Mais velha, senti remorsos e já pedi desculpas em orações. Tenho certeza que ela me desculpou.

Sempre fazia meus pratos favoritos: frango assado, batata frita, pudim de leite e bolo de chocolate. Nas festas de Natal e Ano Novo gostava da mesa farta e decorada. E também inventava festas nos condomínios. “Esse povo aqui é muito parado, vamos fazer uma festa junina!”. E todo mundo comprava a ideia e todos ficavam chocados com tamanha organização.

Ela queria ter neta artista. Quando eu disse que queria ser atriz, ficou feliz da vida. E, na minha primeira peça da escola, sentou-se na primeira fila do auditório. Eu era a Alice no País das Maravilhas. E ela ficava acenando sem parar e precisava fingir que não estava vendo. Eu estava representando, não podia simplesmente parar a peça no meio e falar “Oi, vó! Estou te vendo!”. Ela ficou magoadíssima! rsrsrs… Voltou pra casa fazendo queixa para a minha mãe. E todo mundo caiu na risada. Menudo? Mais fã do que eu. Na época, eu morava em Recife, e ela foi junto comigo para a porta do hotel ver os garotos. E também me dava muitas fotos e recortes do Michael Jackson, além de tentar imitar os passos dele. Conhecem o filme do Paulo Gustavo,  “Minha mãe é uma peça”? Se eu fosse fazer algo parecido seria tão hilário quanto.

A neta não virou atriz. Tornou-se escritora. Uma tortuosa e longa estrada de aprendizado partindo de uma avó praticamente analfabeta, mas que acima de tudo tinha a criatividade e a alegria como lemas de vida. Que bom que ela me deixou essa grande herança! Ela faleceu antes da publicação do meu primeiro livro, mas com certeza ela está acompanhando tudo.

Lembra que no início do texto eu afirmei que ela deveria estar aprontando? Entenderam agora? Tenho absoluta certeza que ela continua espalhando a sua alegria e fazendo muitas festas no Céu. Obrigada, vó Maria, por tudo o que me ensinou. Pena que na época eu não tinha a maturidade para entender todos os porquês. Ainda bem que as lembranças permaneceram e viraram grandes lições.